A Termografia no Esporte de Alta Performance

Dr. Sérgio Munhoz

O que tem comum grandes clubes de futebol europeus tais como Real Madri, Barcelona, PSG, Liverpool, Benfica, Porto…? E alguns clubes de futebol Brasileiro como Botafogo RJ, Corinthians, Cruzeiro?

Atletas renomados? Milionários?

Sim!

Mas na realidade clubes com alta performance. Rendimentos acima da média de grandes clubes.

Mas o que está por trás desta magnifica performance além de atletas diferenciados, treinamentos, estrutura empresarial, marketing, organização de jogos… é a tecnologia.

Cada vez mais a tecnologia tem participado da alta performance dos desportos. Se teve uma época em que falar de anatomia, fisiologia, reabilitação física, restando apenas as belas mãos dos massagistas para cuidar dos atletas, eram palavras desconhecidas, hoje, a tecnologia faz parte de equipe de quaisquer clubes, seja de pequena a alta complexidade, de baixo a alto valor de folha de pagamento, olímpicos , amadores ou  profissionais, de inverno ao de verão, de vôlei, basquete, handball, futebol, natação, ginastica olímpica, esqui… e especialmente na obtenção de grandes resultados.

Afinal, quem não deseja ser campeão?

E se possível, todo ano!

E ainda mais, com preservação dos profissionais atletas!

Pois, não há nenhuma dúvida, que podem valer muito, mas muito dinheiro para os clubes, para os patrocinadores e especialmente para o próprio profissional, visto que as carreiras são curtas.

Nos treinos, há preparação antes e após as partidas e nas competições, com o emprego da TERMOGRAFIA é capaz de observar e captar imagens impressionantes de partes do corpo humano, com:  a cabeça, pescoço, tórax, abdome, costas, os membros superiores e inferiores, com alta qualidade de resolução, apenas pela emissão do calor do próprio corpo do atleta, chamada de radiação infravermelha.

Os equipamentos da termografia foram em época passada, década 40-80, destinados, particularmente, à defesa militar de seus países, por possuírem a capacidade de observação em ambiente totalmente escuro e poderem traçar táticas militares, e obter do inimigo informações para um ataque de surpresa

Atualmente, a esta tecnologia altamente sofisticada acoplada a programas de computação- softwares modernos, estão cada dia mais em nosso ambiente, seja para avaliar qualidade dos alimentos, especialmente frutas e vegetais, para segurança da indústria química e petroquímica para observação da temperatura dos recipientes, de caldeiras em siderúrgicas e para a saúde em geral.

Assim os atletas profissionais são avaliados de acordo com as alterações nos treinos, nos jogos, pós jogos, durante período final dos campeonatos. É possível o emprego na avaliação de processos diagnósticos inflamatórios ou degenerativos, como as lesões musculares ou tendinosos de atletas amadores e profissionais.

A recuperação do desportista com a informação tecnológica da Termografia torna-se, portanto, mais fácil; e como dizemos ele e toda equipe profissional técnica terá a possibilidade de saberem quando este atleta poderá iniciar o seu aquecimento, quando poderá dar uma corrida leve, quando e quanto tempo poderá participar de uma atividade pratica e partir para o jogo, ou corrida, ou salto, ou atividades dentro da água, no gelo, no solo, e mesmo no ar.

Em busca de prevenir lesões, o departamento médico do Botafogo do Rio de Janeiro, tem utilizado a termografia em seus atletas há três anos onde se realiza as avaliações nos atletas diariamente e fornece aos departamentos de fisiologia e preparação física o termograma completo de cada um. Possível com a técnica conseguir avaliar o nível de estresse físico do atleta através da temperatura. Esse estresse pode ser tanto geral quanto agudo, quando apresenta um foco de lesão. A avaliação e realizada diariamente, já que é um teste rápido e não evasivo, o que não prejudica os atletas e ainda com resultados dentro do elenco, a termografia a cada dia é melhor compreendida e aceita pelos jogadores, que passaram a valorizar a técnica e trata a fotografia específica como uma aliada dentro do campo.

Tudo é questão de adaptação. No começo o pessoal estranhou, não deu muita credibilidade por ser uma foto, mas depois que começam a ter seu perfil e resultados, eles viram a importância do trabalho.

Importante não só na avaliação dos atletas para alta performance é a identificação de situações clínicas que muitas vezes passam sem serem notadas. Atletas também sofrem com fibromialgia. Atletas também tem câncer. Atletas também tem gastrite. Atletas também tem colite. Atletas também tem Endometriose. Doença de Parkinson, Epilepsia…. Enfim, atletas são indivíduos normais que executam uma função esportiva, mas que estão sujeitos a terem problemas e situações do cotidiano. A termografia também os diagnostica.

As cores demonstradas nos exames da Termografia, são parecidas com a do arco íris, e vão desde o branco, vermelho, amarelo, verde, azul, sucessivamente e possibilitam ao médico, ao fisiologista e preparador físico informações de quais regiões estão mais susceptíveis à lesões, inflamadas ou mesmo em processo de degeneração. Interessante que com o tempo, a própria pessoa fica orientada e capacirada a reconhecer suas deficiências e intervir de imediato.

E tem mais: o exame da Termografia tem o quesito perfeito da segurança, pois não envolve nenhuma radiação ionizante, nenhuma injeção precisa ser administrada, nenhum fragmento precisa ser retirado, e mais importante: não tem nenhuma, absolutamente nenhuma contraindicação, podendo ser feito quantas vezes necessárias para acompanhamento da pessoa. Ah! Sem limite de idade ou sexo. Acordado, ativo ou em coma.

Presidente Prudente polo de profissionais altamente capazes, olímpicos à profissionais nos mais diversos esportes, futebol, atletismo, basquetebol, e sua vila olímpica e sua magnifico campo de futebol, poderá a partir de hoje continuar brilhante e nos presenteando com alegrias e vitorias, pois, este serviço de Termografia já se encontra à disposição.

Saúde

Forte abraço

Dr Sergio Munhoz

Medico Termografista

 

COMPARTILHE ESSE ARTIGO

Dr. Sérgio Munhoz

Dr. Sérgio Munhoz

Com mais de 30 anos de atuação em Medicina, o Dr. Sérgio Munhoz é especialista em Anestesiologia, Dor, Cuidados Paliativos e Termografia Médica e possui doutorado pela Unesp-SP.

Atualmente leciona na faculdade Unoeste e atende em seu consultório, em Presidente Prudente-SP.

Leia outros artigos

Fale conosco